« Para que ninguém se sinta abandonado! »

« Para que ninguém se sinta abandonado! »

É com muito gosto que divulgamos  mais uma Carta do «Movimento Internacional ATD 4.º Mundo» , a 93.ª, agora chegada à nossa redação. A Carta, como habitualmente, insere textos relatando intervenções concretas, por todo o Mundo,
Eis uma relação do conteúdo::

  • O Recado da Equipe do Fórum por um Mundo sem Miséria
    As pessoas que nada têm preocupam-se muito com as que são ainda mais pobres e dão o seu verdadeiro sentido à palavra fraternidade – é o que nos mostra o editorial. E nos quatro artigos seguintes poderão descobrir outros testemunhos dessa mesma fraternidade. Recebemos regularmente notícias vossas, por email ou pelo correio, e na última página publicamos alguns exemplos. Também ficamos a saber que a “mudança climática” é um assunto que os toca de perto, graças aos comentários que enviaram para o Fórum de Discussão lançado na altura da COP21 (Conferência de Paris de 2015 sobre o Clima). Gostaríamos hoje que nos escrevessem contando o que fizeram ou viram fazer para suscitar “momentos de fraternidade”. Obrigado !
  • • Editorial - Isabelle Perrin, Delegada Geral do Movimento Internacional ATD Quarto Mundo
  • • O “muro da vergonha“ - CARLOS D., PORTUGAL
  • • Para que as coisas mudem há que falar com todos - JEAN E. ÁFRICA DO SUL
  • • Poderá a agricultura biológica ser uma alternativa à pobreza ? - Tirado do Artigo de THANAPOL K. e PAULINE L. REDE TOWARDS ORGANIC ÁSIA (PARA UMA AGRICULTURA BIOLÓGICA NA ÁSIA)
  • • Construir relações baseadas na confiança mútua - NORA L. R., FUNDADORA, HUNGRIA

Ler carta