O DESEMPREGO em PORTUGAL

Versão de impressão

HÁ MAIS DESEMPREGADOS PARA ALÉM DO QUE MOSTRAM AS ESTATÍSTICAS 

Segundo o INE, a taxa de desemprego foi de 13,1% no 3º trimestre. Estes números não são surpreendentes, dado que é uma época sazonal onde, tradicionalmente, é criado algum emprego precário. Contudo, estes dados não reflectem com exactidão o que se passa com o emprego no nosso país, pois subestimam o desemprego e sobrestimam o emprego. 
É necessário considerar que para além dos desempregados estimados pelo INE, temos mais de 330 mil desencorajados e inactivos que querem trabalhar. Existem ainda 232 mil trabalhadores a tempo parcial que querem mas não conseguem trabalhar mais horas, encontrando-se subempregados. No total, temos 1 milhão e 253 mil desempregados e subocupados, o que corresponde a uma taxa de 22,4%.
Acresce que entre 2011 e 2013 emigraram temporária ou definitivamente 350 mil portugueses...

A CGTP-IN acaba de dar a sua visão desta realidade. LER COMUNICADO